Se todos os dias são iguais, torne-se diferente

Yvonne

Minha foto
Brasileira, ariana nascida no Rio de Janeiro, morando atualmente em Guarapari, mulher, esposa e mãe. Gosto de artes em geral, de ler, de trocar idéias, de praia, de cinema, de tomar cerveja e de dar boas gargalhadas.

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Gente de Opinião

Seguidores do blogger

Gente que Olha, nem sempre opina...

Arquivo BlogGente

Site Meter eXTReMe Tracker

SALADA DE FRUTAS

Amigos,

Mais uma saladinha de frutas.

INVEJA - Morro de inveja da inteligência de vocês no que diz respeito a essas ferramentas que podem ser usadas nos blogs. Às vezes eu leio uns posts que eu não entendo absolutamente nada que foi escrito e o comentário é mais ou menos o mesmo: "Não entendi nada, mas fiquei impressionada". A querida Cilene escreve umas coisas tão sofisticadas que eu entro muda e saio calada. Como eu tenho intimidade com ela, eu já disse que esse tipo de post eu não vou mais comentar
. Gente, em termos de Internet eu sou a maior toupeira. Até agora eu não entendi como é que eu acendo a luz e de repente ela aparece, imagina se vou compreender coisas mais modernas, rsrsrs.

FLAMENGO - Queridos, fiquei de castigo ouvindo o jogo do Flamengo no sábado. Eu sou flamenguista com muito orgulho, mas não perguntem nada sobre o meu time porque eu não saberei dizer. Eu torço, mas não ouço ou vejo um jogo. O castigo foi imposto pelo maridão, porque eu cheguei na sala para ler o livro do Marcos Pontes e neste exato minuto o Flamengo empatou.
Como o maridão é supersticioso, fui obrigada a ficar sentada no sofá com o livro na mão porque eu dei sorte. Realmente, logo depois fez mais um gol e mudou a situação. No entanto, não era sobre isso que eu queria falar e sim sobre a torcida flamenguista que é fantástica. Um verdadeiro dilúvio no Rio e a drenagem do Maracanã não foi suficiente para acabar com as poças de água que apareceram. Ainda assim, 45.000 pessoas assistiram o jogo debaixo de chuva.

MARLEY E EU - Amigos, no sábado pela manhã, acordei feia porque errei a cor da tinta do meu cabelo que está quase preto, sem o meu habitual bronzeado porque o tempo está uma droga há quase duas semanas e eu nunca mais fui à praia (o que faço diariamente) e o pior de tudo: os olhos inchados do tanto que chorei na sexta lendo o livro "Marley e eu". Se você tem paixão por cachorro como eu, vai entender bem o motivo da choradeira. Se não gosta de cachorro, vai compreender a razão de ter gente como eu que adora os cães. Queridos, já estou cansada de tocar nesse assunto, me desculpem, sou um pouco repetitiva, mas não existe amizade mais linda do que a de um cachorro pelo seu dono. O neném daqui de casa vai fazer doze anos e já é um senhor que está começando a ter alguns problemas de saúde. Não sei o que vai ser da nossa vida quando ele se for. Fizemos um trato para acabar com essa apreensão, porque ninguém merece viver com alguém em ambiente de tristeza, mas depois de ler o livro, fiquei preocupada. Bom, deixa prá lá.

SACO DE PANCADAS - Então quer dizer que o Brasil agora virou saco de pancadas de republiquetas das bananas? A impressão que eu tenho é que os presidentes no afã de conseguir popularidade, resolveram atacar o nosso país. Vamos ver se os militares equatorianos têm o mesmo gabarito da Odebrecht que por sinal é uma grande empreiteira que eu tenho uma série de coisas contra, visto que está no poder do nosso país há milênios, mas ainda assim, contrato é contrato e deve ser respeitado.

A CRISE CHEGOU POR AQUI - Li no jornal que a Sadia e a Aracruz tiveram prejuízos por conta da crise americana. Vou torcer muito pela Sadia, mas com relação à Aracruz quero mais que ela se dane ( prá não dizer outro verbo ), porque ela simplesmente destruiu e continua destruindo a mata atlântica do estado do ES e o sul da BA. Fiz uma viagem recentemente até Curumuxatiba na Bahia e fiquei impressionada com a paisagem monotemática que começa na cidade de Aracruz e vai até essa outra baiana. Caso tivesse me espalhado mais, teria visto mais eucaliptos. Gente, não há coisa mais linda do que ver um mar de eucaliptos, mas essa árvore acaba com a terra e não tem um animal que tenha nela o seu habitat. É uma crueldade. Sim, tá legal, eu sei que a Sadia não deve ser muito diferente porque vende frango, lingüiça, etc., mas quem é que causa mais danos? Quem tem uma granja ou quem acaba com a terra?

VIAGEM AO RIO - Recentemente fiz um post dizendo que iria para o Rio curtir familiares, amigos e principalmente o meu netinho, mas como ele é um rapazola de um ano e cinco meses, com os seus programinhas sociais, tive que transferir para esse próximo final de semana que será o mais adequado. A única coisa chata é que serei obrigada a votar. Eu que estava pensando em nunca transferir o meu título para o ES e justificar o voto até morrer, vou ter que votar. Para prefeito o escolhido é o Gabeira que eu gosto muito, mas não sei como será como administrador de uma cidade cheia de complicações. E vereador? Com certeza irei anular o voto. Desculpem amigos, mas depois que optei em me tornar uma alienada, a minha vida ficou bem melhor. Não quero mais saber de nada.

ESCLARECIMENTO - Recentemente recebi uma mensagem de uma blogueira que eu gosto muito dizendo se sentir confusa com os meus posts salada de frutas. De acordo com ela, os assuntos não têm nada a ver um com o outro e ela não sabe se fala sobre isso, aquilo, aquilo outro ou todos os tópicos. Gente, o objetivo é justamente esse: um tipo de bate-papo que a gente começa falando sobre política e daqui a pouco está contando piadas de sacanagem. Os papos não são rigorosos e vão mudando. Cada um comenta se quiser e sobre o que quiser.

PAUL NEWMAN - Bom, começam a surgir na blogosfera as lindas e justas homenagens a esse ator. Ele realmente merece. Lindo demais, casado há uns 50 anos com a mesma mulher, nunca ninguém ouviu falar nenhuma história de traição, ator de primeira grandeza que foi indicado dez vezes ao Oscar, filantropo, sério, amigo e bom pai de família. Morreu em paz junto aos seus. Tem morte melhor do que essa? Espero que lá no céu, ele esteja andando de bicicleta ao som de "Raindrops keep falling on my head". Quem foi adolescente como eu no ano que estreou "Butch Cassidy and The Sundance Kid" sabe bem o impacto que causou esse filme como também a música. Felizes tempos aqueles que o sonho ainda não havia acabado e que acreditávamos que estava chegando o dia de um mundo de paz e amor. Descanse em paz Paul Newman.

PRÁ TERMINAR - Milhões de beijocas para todos e tenham uma excelente semana.

Yvonne