Se todos os dias são iguais, torne-se diferente

Yvonne

Minha foto
Brasileira, ariana nascida no Rio de Janeiro, morando atualmente em Guarapari, mulher, esposa e mãe. Gosto de artes em geral, de ler, de trocar idéias, de praia, de cinema, de tomar cerveja e de dar boas gargalhadas.

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Gente de Opinião

Seguidores do blogger

Gente que Olha, nem sempre opina...

Arquivo BlogGente

Site Meter eXTReMe Tracker

10.11.2007 - SALADA DE FRUTAS

Amigos, estava com saudades da minha salada de frutas que adoro escrever.

LOUCURA POUCA É BOBAGEM - Li no jornal que dois irmãos (o rapaz com 17 anos e a menina com 13) planejaram o seqüestro do mais novo com 12 anos que, segundo eles, era o preferido do pai. Não satisfeitos, mataram a criança e ainda assim telefonaram para o pai pedindo quarenta e cinco mil reais de resgate. Ele acionou a polícia que desvendou o mistério e descobriu que foram os irmãos que mataram o garoto. Além disso, descobriram outra coisa: os irmãos eram .... amantes incestuosos. É ou não é o Apocalipse?

BLOGOSFERA - Queridos, apesar de raríssimas decepções, eu amo a blogosfera. Por esse motivo, eu gostaria que vocês me enviassem mensagem dizendo o dia do aniversário de vocês. Se for possível, eu adoraria que alguém me indicasse um programa tipo agenda que me mande recados tão logo eu ligue o computador. Nem sei se existe algo assim. O Orkut indica os aniversariantes do mês, só que eu nunca apareço por lá. Outra coisa amigos, não consigo conversar pelo MSN porque eu não acho graça alguma. Minha filha já falou para mim que tem pessoas querendo me adicionar. Se por acaso algum de vocês se sentiu abandonado por mim, não me queira mal. Já acho uma verdadeira proeza eu conseguir ligar o computador e saber a diferença entre o ENTER e o ESC.

ACHADOS IMPERDÍVEIS - Existe uma coluna no jornal que leio a respeito dos achados imperdíveis. São artigos que estão nas lojas por um preço bem razoável. Algo do tipo uma bolsa fofíssima por 800,00 ou uma mesa de canto maravilhosa que custa 5.000,00 e que vai combinar com aquele vaso cujo preço é sob consulta. Pois bem, minha filha comentou comigo que estava a fim de um determinado short que eu vi em uma vitrine daqui. Entrei feliz da vida para comprar e quando indaguei o valor, a moça me respondeu: trezentos e oitenta reais. Isso em uma cidade que grande parte da população vive com menos de mil reais por mês. Interessante, não? Vou esperar a próxima ida ao Rio e comprarei na C & A mesmo, afinal de contas é apenas um shortinho.

BANCÁRIOS - Tomei conhecimento de que um ex-colega meu morreu. Rapaz que não tinha a menor condição de trabalhar em qualquer tarefa que exigisse organização e controle, por outro lado ele era brilhante para bolar coisas. Muitos dos formulários que usamos, rotinas de trabalho, arrumação de armários foi por causa dele. Uma vez eu o salvei de processo administrativo que iria apurar a não realização de uma operação que geraria uma multa de meio milhão de dólares. Eu descobri a tempo e resolvi o problema. Ainda sobre o assunto, só quem é bancário sabe o quanto é estressante esse trabalho. Por conta de lei trabalhista, bancário só pode trabalhar seis horas por dia porque a profissão é considerada enlouquecedora (palavra minha e não da lei). Você dorme e acorda mexendo com o dinheiro dos outros e se algo dá errado a culpa é sua e dependendo do valor, a solução sai do seu bolso. Se o valor for alto demais e você não tem condições de pagar, então vem a demissão. Por mais que eu esteja irritada com o mundo e com vontade de matar alguém, eu nunca perco a paciência dentro de um banco. Eu sei muito bem quem está do outro lado.

LICENÇA-MATERNIDADE - Engraçadinha
é uma das minhas filhas virtuais. Ela sempre é irreverente, não tem papas na língua e fala todo tipo de palavrão com um jeito tal que é impossível não soltar gargalhadas quando eu a leio. Pois bem, Engraçadinha anda triste porque sua licença maternidade vai acabar e é agora que começa uma nova fase de pequenos transtornos do dia a dia de um jovem casal. Dois filhos, maternal, creche e o terrível dinheiro que move este planeta e que a cada dia fica mais curto. As mães que trabalham sabem de cor a grande dor que ela está sentindo. Sair de casa deixando uma criança de meses na companhia de outra pessoa é horrível demais. Se tudo der certo, a licença passará a ser de 180 dias. Que legal, diriam alguns. Pois eu acho uma temeridade, porque se antes a mulher é discriminada no trabalho, agora vai ficar pior. Esse assunto merece um post exclusivo e com certeza farei quando for preto no branco, mas já deixo aqui o meu recado: Chefe, legislador, grande empresário, pequeno empresário, lembrem-se que vocês são filhos de alguém e provavelmente são pais de outros alguéns. A mulher precisa trabalhar e está a cargo do seu corpo a divina tarefa de perpetuar a humanidade. Pensem nisso.

Milhões de beijocas e um lindo fim de semana para todo mundo.

Yvonne