Se todos os dias são iguais, torne-se diferente

Yvonne

Minha foto
Brasileira, ariana nascida no Rio de Janeiro, morando atualmente em Guarapari, mulher, esposa e mãe. Gosto de artes em geral, de ler, de trocar idéias, de praia, de cinema, de tomar cerveja e de dar boas gargalhadas.

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Gente de Opinião

Seguidores do blogger

Gente que Olha, nem sempre opina...

Arquivo BlogGente

Site Meter eXTReMe Tracker

FATOS CASUAIS

Amigos, hoje o post diz respeito a brincadeiras que estão correndo por aí na Internet.


AS CINCO MELHORES INVENÇÕES

- Penicilina
- Internet
- Canais de televisão pagos
- Qualquer eletrodoméstico que facilitou a vida das pessoas
- Telefone

SETE FATOS CASUAIS DE MINHA VIDA (SÓ VOU CONTAR TRÊS BEM IMPORTANTES)

- Fiz concurso para um banco estatal e no dia da prova de datilografia houve uma confusão imensa com direito a policiais e pancadaria. Eu estava sentada em um determinado local e a baderna veio para cima de mim. Um rapaz pegou na minha mão e foi me levando para a porta do banco. Ele quase me arremessou para dentro e eu consegui fazer a prova por volta das quatro horas da tarde, quando teve gente que fez de madrugada. Posteriormente, o banco decidiu dar uma chance a quem se sentiu prejudicado e marcou uma nova prova. Eu preferi não fazer porque acredito piamente que não foi um rapaz que me ajudou e sim um anjo. O sonho do meu avô é que eu trabalhasse nesse banco ou fosse advogada. O dinheiro da inscrição foi o último presente que ele me deu em vida. Um mês antes dessa prova ele morreu e eu passei no concurso.

- Decidi que estava na hora de me casar. A minha primeira opção foi deixar de sair para a gandaia e cuidar de mim como um todo. Ninguém entendia como é que alguém queria conhecer o futuro homem da sua vida trancada dentro de casa. Os únicos programas que eu fazia nos fins de semana era dar uma volta na Lagoa Rodrigo de Freitas com a minha cachorra ou ir ao cinema e teatro com minha mãe. Quando estava no ponto, feliz comigo mesma e com tudo o que dizia respeito à minha existência, o homem apareceu.

- Decidi que estava na hora de ser mãe. Parei de tomar pílula e nada de engravidar. Fiz uma viagem ao Nordeste e na Praia da Boa Viagem após uma linda e maravilhosa noite de amor do dia 14.12.1984, o meu marido disse para mim: "Yvonne, acabei de engravidar você". No dia 14.09.1985, nasceu a minha filha. Exames médicos posteriores mostraram que uma trompa minha era deformada e além disso eu ovulava pouco. Logo gravidez para mim é algo parecido como ganhar a Megasena.

Existem outros fatos casuais, mas estes são os que eu achei significativos no momento. Qualquer dia desses conto outros.

Beijocas um pouco adoentada

Yvonne