Se todos os dias são iguais, torne-se diferente

Yvonne

Minha foto
Brasileira, ariana nascida no Rio de Janeiro, morando atualmente em Guarapari, mulher, esposa e mãe. Gosto de artes em geral, de ler, de trocar idéias, de praia, de cinema, de tomar cerveja e de dar boas gargalhadas.

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Gente de Opinião

Seguidores do blogger

Gente que Olha, nem sempre opina...

Arquivo BlogGente

Site Meter eXTReMe Tracker

MEMÓRIA CURTA



Amigos,

Um dos prazeres que nós brasileiros temos é falar mal de nós mesmos. Vejam bem, não estou fazendo uma crítica, apenas constatando um fato que não dá para ser negado. Quem tem um pouquinho de conhecimento e consegue enxergar mais além, sabe que o nosso país está sofrendo de uma doença muito grave. Uma de nossas frases prediletas é "brasileiro tem memória curta". Alguém pode discordar? Impossível. Depois dessa última operação, que simplesmente não li nada a respeito, eu percebi que eu não estou com essa bola toda. Também sou tão desmemoriada quanto a grande maioria da população brasileira.

Querem ver como eu tenho razão? Farei um pequeno teste que eu duvido que vocês conseguirão responder a todas as questões:

1) Qual o nome de um político da Região Norte que teve um ranário (ou tartarugário, rsrsrs) e se viu envolvido em um escândalo?
2) Qual o nome de um fiscal da receita do RJ que lesou o estado e cujo escândalo só foi descoberto no início de 2003? Dica: o nome dele termina com ...inha.
3) Qual o nome do escândalo em que o Delúbio se viu envolvido?
4) Quais são os nomes dos anões do Orçamento?
5) Cite o nome de um político envolvido no Escândalo dos sanguessugas.
6) Por qual motivo ACM teve que renunciar o cargo de senador há algum tempo?
7) Qual o nome do prefeito de São Paulo que foi o inspirador da frase "Rouba, mas faz"?

Queridos, vou livrá-los do constrangimento de ter que responder a essas perguntas. São tantos escândalos e pessoas sem caráter algum que fica difícil entender bem o que se passa. Eu fico com a nítida impressão que deve haver algum vírus nas cadeiras dos políticos que basta eles se sentarem para que tudo aquilo que eles acreditam (ou pensavam acreditar) vai por água abaixo.

Isso vem de longas datas sem que nenhuma providência seja tomada. A corrupção está tão bem sedimentada que eu não consigo vislumbrar uma solução nem a logo prazo. Se uma pessoa de posses é presa hoje, daqui a cinco dias no máximo ela será solta. Cadeia e presídio só vale para pobre e favelado. E assim nós vamos vivendo sem saber em que terreno pisar e em qual instituição devemos confiar. Quem tem muita grana parece não se importar muito com nada e aquele que é pobre muito menos. Então, só resta (por enquanto) a turma da classe média para ficar indignada.

Gostaria de contar um caso que aconteceu no Rio de Janeiro no ano passado. Um meliante matou uma socialite em um sinal de trânsito. A polícia não sabia bem quem foi. A única informação é que ele morava em um conjunto de prédios cujos moradores são gente boa e com alguns elementos perigosos, mas nada que mereça grandes reportagens assustadoras. Indaga aqui, indaga ali e ninguém entregava o rapaz. Todos tinham medo. Bastou a polícia levar o funcionário da Net para cortar o gato da TV a cabo que houve uma verdadeira revolução dentro do conjunto. Em menos de cinco segundos o assunto foi solucionado e o bandido agora está na cadeia. Este é o nosso país. O normal é levar um por fora, nem que seja um "gato" de televisão.

Não existe uma idéia do que é certo e o que é errado. Já faz parte de nossas vidas saber que existe alguém que comete um pequeno delito com relação a alguma coisa. Eu mesma tenho vontade de chorar todos os anos quando faço a minha declaração de Imposto de Renda, porque me sinto totalmente incapacitada de burlar o Fisco, mas os mecanismos do governo me impedem. Já pensei até em "adotar" um filho, mas quando chega na hora H, eu tenho medo. Somos nós que colocamos esses políticos no poder e damos aval para toda essa gentalha fazer o que bem entende com o nosso dinheiro. Como já disse anteriormente, não sei se tem solução para o nosso país, mas eu gostaria que tivesse. Espero que não seja apenas um sonho.

Beijocas

Yvonne