Se todos os dias são iguais, torne-se diferente

Yvonne

Minha foto
Brasileira, ariana nascida no Rio de Janeiro, morando atualmente em Guarapari, mulher, esposa e mãe. Gosto de artes em geral, de ler, de trocar idéias, de praia, de cinema, de tomar cerveja e de dar boas gargalhadas.

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Gente de Opinião

Seguidores do blogger

Gente que Olha, nem sempre opina...

Arquivo BlogGente

Site Meter eXTReMe Tracker

SALADA DE FRUTAS

Amigos queridos,

Mais uma saladinha de frutas para vocês.

"EU LHE AMO" OU QUE SAUDADES DA PROFESSORINHA - Quase tive vontade de cortar os pulsos quando alguns de vocês me alertaram na minha última salada de frutas que o verbo amar é transitivo direto e não indireto. Eu, que me senti no direito de criticar quem faz legenda, falei uma merda sem precedentes. Logo, não existe a possibilidade de alguém dizer "eu lhe amo". O meu único consolo é saber que reconheço as besteiras que escrevo.

IMPOSTO DE RENDA - Queridos, antes de ontem ri muito às custas de vocês. Disse que se a ressaca permitisse, teria um post novo no dia 18. Não postei nada e a razão não foi a bebedeira (que por sinal não houve) e sim o dia que tirei para fazer a minha declaração de IR (a do maridão e de agregados também). Nenhum ser humano merece viver em um país como o nosso que encosta a classe média na parede e permite que os tubarões tenham oportunidade de fazer o que bem entendem no intuito de preservar suas fortunas. Acho um castigo de Deus fazer aniversário justamente no mês de abril. Todos os anos eu faço em março, mas infelizmente este ano fiquei dependendo de documentos que só chegaram no início da semana. Arre!!!

A VIOLÊNCIA DE CÁ ... - Foi horrível ver as cenas de violência no Rio de Janeiro por causa da guerra do tráfico. Não sei onde vamos parar. Por que não liberam logo as drogas? Eu tenho uma idéia, não muito bem estruturada na minha cabeça porque não sou entendida no assunto, que as pessoas têm o direito de quererem ser viciadas. Ao invés de arriscar a própria vida tendo que comprar a mercadoria com bandidos, simplesmente iria a uma farmácia e fim de papo. Ganha o dono da farmácia, ganha o governo com os impostos e ganha o viciado, se é que se pode chamar isso de ganho. No entanto, essa pessoa seria considerada judicialmente incapaz, não tendo inclusive pátrio poder. E aí que eu me enrolo. Uma mãe que ama os seus filhos e é viciada vai preferir comprar a droga fora da farmácia. Não sei se funcionaria.

... E A VIOLÊNCIA DE LÁ - Pior ainda foi ver o massacre de trinta e duas pessoas em uma universidade americana a troco de ... nada. A sociedade brasileira está muito doente, mas nada que chegue aos pés da americana. Existem determinados tipos de crime que praticamente só acontecem lá. Outra coisa que não consigo entender é que tanto os EUA como também o Canadá foram colonizados pelas mesmos povos. Por que o Canadá é um país pacífico e os EUA não? Será que esse rapaz que saiu da Coréia do Sul aos oito anos de idade para viver na terra das oportunidades teria feito a mesma coisa no seu país de origem? Seria injusto afirmar que todos os psicopatas do mundo moram nos EUA, mas alguma coisa deve ter naquela terra que desperta o que existe de pior dentro das pessoas. Fiquei muito triste.

CARMA - Um professor dessa universidade era um judeu romeno sobrevivente do holocausto e também daquele ditador tirano que quase acabou com a Romênia cujo nome felizmente esqueci. Um profissional de respeito e muito bem conceituado em sua área. Deitou-se no chão encostando o corpo na porta para dar tempo aos seus alunos de pularem a janela. Morreu metralhado pelo maluco enquanto os jovens se salvaram. A vida às vezes me parece injusta. Uma pessoa que saiu viva de um campo de extermínio deveria morrer de velhice e cercado de seus familiares.

PRÁ TERMINAR - Acabei de ler no blog do DO o resultado da enquete da semana passada. A pergunta foi: você trocaria a sua fortuna por um grande amor? 61,5% responderam que sim. Fiquei boba de ver como o pessoal anda romântico. Eu não largaria o meu amor por dinheiro nenhum do mundo, mas não abro mão de nada que é meu por ninguém. Tudo que eu tenho, incluindo aí as minhas qualidades e defeitos, faz parte da minha trajetória de vida. Ninguém merece que eu faça um sacrifício desse. Além disso, um dia o amor acaba. Devo admitir, no entanto, que a idéia em si é muito linda.

PRÁ TERMINAR, O RETORNO - Queria mandar milhões de beijocas para todos vocês e uma especial para a Nair Bello, cujo falecimento me deixou muito triste. Espero que ela esteja em algum lugar maravilhoso mandando vibrações positivas para todos nós brasileiros.

Beijocas

Yvonne