Se todos os dias são iguais, torne-se diferente

Yvonne

Minha foto
Brasileira, ariana nascida no Rio de Janeiro, morando atualmente em Guarapari, mulher, esposa e mãe. Gosto de artes em geral, de ler, de trocar idéias, de praia, de cinema, de tomar cerveja e de dar boas gargalhadas.

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Gente de Opinião

Seguidores do blogger

Gente que Olha, nem sempre opina...

Arquivo BlogGente

Site Meter eXTReMe Tracker

SALADA DE FRUTAS

Após algum tempo, mais uma salada de frutas.

GÜNTER GRASS - A Alemanha está em estado de choque ao saber que o seu escritor número 1, ganhador de um prêmio Nobel, serviu aos 17 anos como voluntário ao exército nazista. Ele é considerado uma reserva moral do país, sempre cobrou uma transparência em relação ao passado e nunca deixou de confrontar o povo com os momentos sombrios de sua história. Nunca li nada desse senhor, mas sei que ele é autor do livro "O tambor" que foi transformado em um dos filmes que mais gostei na vida e aborda exatamente os sentimentos que levaram toda uma nação a se transformar em um exército de bestas humanas. Não sei se ele cairá em desgraça, mas posso afirmar que tenho profunda admiração por ele ter revelado aos 78 anos de idade esse segredo. Para mim, o grande mérito desse escritor foi ter confessado uma história não muito nobre a respeito de sua vida. Ele guardou por 61 anos um passado que preferiu não ter vivido, mas agora, ao fim da vida, mandou um recado para o mundo inteiro: "Eu também fiz merda e não quero mais guardar isso dentro de mim". Logo, dessa forma digo o seguinte: "Abaixo o escritor e viva o ser humano"

TRAIÇÃO - Ainda sobre o Günter Grass, queria dizer que, se algum dia eu trair o meu marido, não confessarei jamais. Existem certos segredos dentro de nós que só dizem respeito às nossas vidas. Para que confessar?

ÉTICA - Minha filha ontem estava às voltas com um trabalho a respeito da Ética. Felizes são os universitários que perdem o seu precioso tempo para aprender algo que aparentemente só existe nos livros e não na vida real.

AINDA SOBRE A ÉTICA - Lembrei-me da minha mãe que deu uma surra inesquecível no meu irmão pelo simples fato de ele ter "pego" um carrinho de brinquedo "emprestado" de um amigo seu sem o devido conhecimento do próprio. Além de ter apanhado, ainda passou pelo vexame de ter confessado o "crime" ao garoto e aos pais dele. Bons tempos aqueles. Saudades de minha mãe.

VIOLÊNCIA - Antes de ontem tivemos um dia que não diria ter sido legal, mas foi para mim maravilhoso. Diversos blogueiros escreveram a respeito da violência na Internet. Foram óticas e opiniões diferentes mas igualmente importantes. É a força da palavra escrita contra a barbárie em que vivemos.

TUCANO - A coluna do Ancelmo Góis do jornal O Globo sempre publica fotos tiradas pelos leitores. São verdadeiras maravilhas. Ontem um leitor tirou a foto de um tucano em pleno Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Feliz é esse leitor que, em tempos de violência, se permitiu sonhar com um mundo colorido e ainda romântico.

TOC ou TRANSTORNO OBSESSIVO COMPULSIVO ou BINGO!!!- Já falei para vocês que minha mãe sofreu dessa doença nos seus últimos anos de vida. Quase todos de minha família materna sofrem desse mal, uns mais, outros menos. Eu, por exemplo, sou compulsiva. Tomei PROZAC em um determinado tempo e tenho que ficar bem atenta quando surge alguma situação que detone a doença. Pois bem, não posso jogar. Descobri isso com a raspadinha assim que apareceu no mercado. Por mais ou menos uma semana eu comprei alguns bilhetes, ganhava alguma merreca e depois voltava a comprar outros bilhetes. Foi apenas uma semana, mas o suficiente para eu me dar conta que eu andava excitada demais. Tão logo surgiu essa moda de Bingo, eu combinei com algumas amigas passar a tarde em um deles para jogarmos, curtir uns aperitivos, jogar conversa fora e depois voltarmos para casa. Felizmente não fui adiante e vou dizer o motivo.
Minha prima alugou um apartamento de cobertura duplex em Copacabana próximo a Ipanema com quatro quartos, um estúdio independente que também pode ser alugado para outra pessoa sem perda de privacidade, quase 700 m2 e outras maravilhas que não vem ao caso dizer aqui. Isso tudo por R$ 2.000,00 por mês. Preço inacreditável em termos de Rio de Janeiro naquela área nobre. O motivo disso é que a senhora dona do apartamento simplesmente perdeu todo o prédio que ela era dona por causa de bingo. Ela morava nessa cobertura e os imóveis abaixo foram sendo vendidos um a um para que ela pudesse gastar tudo em jogatina. Quando só restou a cobertura, a família tomou providências jurídicas para que ela se tornasse incapaz. Ela agora vai viver desse aluguel morando não sei onde. Gente, todo mundo tem o direito de fazer o que quiser da sua própria vida, mas uma certa intervenção do governo seria bem benéfica, não?
A agência do banco com o qual mantenho conta e que fica perto desse bingo está levando os seus funcionários ao desespero com um monte de senhoras inadimplentes e que estão perdendo tudo o que tem por causa do bingo. São histórias tristes de gente que foi honesta a vida inteira e que agora está com o nome sujo.

PRÁ TERMINAR - Hoje estou meio amarga e irônica. Acredito que o motivo foi eu ter lido tanto sobre violência. Espero estar melhor amanhã.

Beijocas

Yvonne