Se todos os dias são iguais, torne-se diferente

Yvonne

Minha foto
Brasileira, ariana nascida no Rio de Janeiro, morando atualmente em Guarapari, mulher, esposa e mãe. Gosto de artes em geral, de ler, de trocar idéias, de praia, de cinema, de tomar cerveja e de dar boas gargalhadas.

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Gente de Opinião

Seguidores do blogger

Gente que Olha, nem sempre opina...

Arquivo BlogGente

Site Meter eXTReMe Tracker

INDECISÃO E DIFERENÇAS

Amigos,

Estou em falta com vocês nesses últimos dias. O motivo da ausência vou ficar devendo por enquanto, porque estou super confusa em uma bifurcação sem saber se viro para a direita ou para a esquerda. Não é nada triste e muito menos um problema. É coisa boa, só que eu estou na dúvida se quero isso na minha vida e por essa razão, sinto uma pequena angústia sem saber o que decidir e a decisão tem que ser muito rápida.
Bom, como as idéias resolveram fazer greve, optei por republicar um velho post que saiu em abril de 2006. Convido-os também a lerem a minha coluna no Boletim sobre baixaria política que eu particularmente gostei muito.

Um lindo final de semana para todo mundo e até a próxima segunda quando já terei novidades ou não
Beijocas
Yvonne



DIFERENÇAS

Um dia desses estava eu e meu marido com um grupo de amigos e lá pelas tantas um deles disse mais ou menos a seguinte frase: "quando estou na cama com uma mulher eu não faço amor e sim sexo. Amor é tudo que acontece fora da cama". Nós mulheres, ficamos caladas por alguns segundos porque esse tipo de situação é completamente estranha para nós. Poucas de nós somos liberadas o suficiente para "comer" algum homem e depois sair de fininho como se absolutamente nada tivesse acontecido. Tem que haver alguma coisa fora o tesão.
Contratei os serviços do DATAYVONNE e ao entrevistar amigas minhas, novinhas ou não, tomei conhecimento de que, tirando uma noite de grande farra, enorme carência afetiva e um dia ou outro que algumas delas reservou para uma grande libertinagem, nenhuma transou apenas por transar.
Todos nós sabemos que existe uma grande diferença entre homens e mulheres e sinceramente eu acho que o mundo masculino é bem menos complicado que o feminino. Vejamos:

TRAIÇÃO - Quando um homem transa com uma mulher que não seja a dele, sem amor, ele não tem o menor remorso porque como só houve sexo, não há problema algum. A mulher só de pensar na possibilidade de dar para alguém, já se sente muito culpada perante o marido.

TRAIÇÃO E SEPARAÇÃO - O homem pode transar com várias mulheres ao longo do seu casamento, mas dificilmente largará a sua mulher por outra. A mulher quando trai, não costuma ficar com o marido e o amante ao mesmo tempo. Um dos dois dança e quase sempre é o marido.

A OUTRA - Nunca conheci um homem que tivesse paciência para ser o outro na vida de uma mulher casada. Já segunda "esposa" é o que não falta no mundo. É incrível a grande capacidade que a mulher tem ao suportar anos a fio de um relacionamento que não dará fruto algum. Quando novinha, já tive a oportunidade de ir a uma festa de bodas de prata de um caso extraconjugal. O cara era muito rico e tinha duas mulheres, cada uma muito bem amparada na vida e feliz. A segunda esposa era linda, com todo o tempo do mundo, mas fiel ao seu "marido".

SEXO - Nós mulheres temos a capacidade de fingir satisfação sexual ou de ter orgasmos múltiplos. O homem não tem como fingir nada porque é visível quando o "amigo" lá de baixo resolve fazer greve. Por outro lado, não é necessário para o homem ter uma série de preliminares e dizer ou ouvir declarações de amor. É tudo muito simples. Outra vantagem que o homem tem é não levar para a cama alguma briga que tenha tido com a mulher. Nós não, ficamos com a nossa cama abarrotada de mágoas e pessoas alheias ao casal naquele momento.

QUER IR AO CINEMA? - Essa já é velha e batida, mas cabe aqui falar de novo. Quando a mulher pergunta ao marido se ele quer ir ao cinema, ele responde sim ou não. Não há outra opção. Nós somos diferentes, o não pode ser um sim. O sim pode ser um talvez. O talvez pode ser "eu não quero de forma alguma". O "eu não quero de forma alguma" pode ser um "sim, estou louca para ver o filme tal, mas sei que você não vai querer porque é uma comédia romântica". Como o homem não entende essa sutileza feminina, ouve a resposta dada sem entender que por trás, há uma outra completamente diferente.

ESTAMOS DUROS, LOGO VAMOS COMBINAR NÃO COMPRAR PRESENTE DE NATAL PARA A GENTE? - O casal está mal de grana e lá pelo mês de novembro decide que não comprarão nada um para o outro. O homem leva a sério o papo e deixa de comprar o presente para a mulher. Só que ela não agüenta e compra uma coisinha qualquer. Véspera de Natal, peru na mesa, a mulher dá o presente para o marido que fica com cara de idiota porque não comprou nada para ela. E para piorar a situação, ela fica extremamente magoada porque ele não teve a gentileza de comprar uma singela nécessaire de 15,00 nas Lojas Americanas para ela. Aí, o homem passa a ser canalha duas vezes porque, além de não ter dado presente algum, não teve a sensibilidade de entender para que raios serve uma nécessaire.

MEU AMOR, VOCÊ ACHA QUE EU ESTOU GORDA? - Outra velha conhecida nossa e muito batida. Eu acho uma sacanagem uma mulher fazer uma pergunta dessa porque seja lá qual for a resposta, vai dar problema. Se ele fizer um elogio, ela acha que ele está mentindo. Se falar a verdade, ela vai ficar chateada com a falta de sensibilidade dele em ampará-la em um momento que a auto-estima dela está lá no fundo do poço.

CELULITES, ESTRIAS E AFINS - A mulher está em crise porque descobriu que sua bunda tem um buraquinho aqui, outro ali. Entra em desespero e acha que está em primeiro lugar na fila das que levarão chifres a qualquer momento. O homem diz que não se importa com nada daquilo e ele está falando a verdade, só que ela não acredita. Um belo dia os dois estão na praia e aparece uma baranga de biquíni com a maior bunda do mundo cheia de imperfeições e o marido rapidamente dá uma olhada. A mulher se sente traída duas vezes: pela olhada e pelo fato de ele ter sentido tesão por uma mulher que o mundo inteiro diz ser uma grande droga. Ela que está fazendo dieta de alface e água para virar uma Gisele Bundchen não entende a falta de sensibilidade do marido que olhou para aquela gostosona.

VAMOS TRANSAR?- As mulheres quando querem transar e notam que o marido não está interessado, deixam o assunto pra lá. Só irão remoer o problema se essa situação for freqüente. Já a grande maioria dos homens não tem sensibilidade para entender o "não" da mulher. "Se ela não quer nada comigo, é porque tem algum Ricardão na área". Nem todo dia é dia de sexo. Deitar na cama debaixo de um edredom, lendo um bom livro ou vendo um filme bom na televisão também é bastante prazeroso.

SAÍDAS - Se existe uma coisa que eu não consigo entender é o motivo de um casal ter que andar em dupla que nem São Cosme e São Damião. Neste ponto, tanto o homem quanto a mulher não aceitam que o outro tenha vida própria e faça o que bem entender. O homem acha mais do que normal (e é) ele ter o direito de sair com amigos para tomar um chope ou jogar futebol, mas não aceita de forma alguma que sua mulher saia para fazer o programa que lhe apetece. A mulher por sua vez se sente um verdadeiro ET quando está sem o seu marido em um evento qualquer e como se sente assim, não permite que ele vá para os redutos masculinos. Um monte de mágoas surgem por esse motivo.

PRESENTES - Neste quesito sou essencialmente lésbica pois só gosto de dar presentes para mulheres. Não suporto presentear homens porque, como sei que somos bem diferentes, fica difícil saber o que será bem recebido. Por outro lado, fico profundamente ofendida quando recebo algum presente de dona de casa o que permito apenas no Dias das Mães e olhe lá. Poucos de nós, homens e mulheres, sabemos o que o outro quer DE FATO, logo deveria haver uma regra: presente só para as pessoas do mesmo sexo.

E vocês amigos, se lembram de mais alguma diferença gritante entre mulheres e homens?

Beijocas

Yvonne