Se todos os dias são iguais, torne-se diferente

Yvonne

Minha foto
Brasileira, ariana nascida no Rio de Janeiro, morando atualmente em Guarapari, mulher, esposa e mãe. Gosto de artes em geral, de ler, de trocar idéias, de praia, de cinema, de tomar cerveja e de dar boas gargalhadas.

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Gente de Opinião

Seguidores do blogger

Gente que Olha, nem sempre opina...

Arquivo BlogGente

Site Meter eXTReMe Tracker

AINDA SOBRE O NATAL - A DATA DE NASCIMENTO DE JESUS CRISTO

Parte do post abaixo foi resumido de uma matéria que saiu no jornal A Gazeta do ES nesta data. Vejamos

A maioria dos especialistas afirma que Jesus Cristo não nasceu no dia 25 de dezembro. De fato, não há registros de comemorações na natividade de Cristo entre os primeiros cristãos. O Cristianismo dos primeiros séculos lembrava não o nascimento dos santos e mártires, mas sim a sua morte. Segundo registros históricos, a festa do nascimento de Jesus só veio a aparecer por volta do quarto século do Catolicismo. Até então, os cristãos eram perseguidos pelo governo romano e pelos pagãos.

Até que no século IV, o imperador romano Constantino converteu-se ao Cristianismo, transformando-o na religião do Império. Como muitas tradições e festas pagãs estavam arraigadas na cultura romana, era necessário dar a eles um novo significado. No hemisfério norte, o solstício de inverno se dá por volta de 21 de dezembro. Esse é o dia mais curto do ano em relação à noite. A partir daí, a duração dos dias começa a aumentar até o mês de julho quando ocorre o dia mais longo do ano. No dia 25 de dezembro, comemorava-se o nascimento do Sol. A Igreja não tinha nenhum documento em que pudesse se basear para afirmar a data em que Cristo nasceu. Assim - de acordo com uma das teorias pra a escolha do dia 25 de dezembro - a Igreja fez coincidir o dia do nascimento de Cristo com o do culto pagão do nascimento do Sol.

O escritor bíblico Esdras informa que seria impossível haver pastores nos campos cuidando das ovelhas na noite em que Jesus nasceu. O mês judaico de quisleu (que corresponde ao nosso novembro/dezembro) era um mês frio e chuvoso. Portanto, seria no mínimo improvável que o cenário desse escrito pela Bíblia pudesse acontecer nessa época do ano. Nota da Yvonne: até aqui o texto não é meu e sim resumido do jornal, conforme mencionei acima.

Com relação ao ano que ele nasceu, também não podemos afirmar nada, visto que tivemos vários calendários por todo esse período. Pois bem, segundo eu li há algum tempo, astrólogos afirmam que, pelas características de Jesus narradas na Bíblia, o mais provável é que ele era ariano. Nada pode ser comprovado. Só queria lembrar que esse livro foi escrito em Aramaico mais de um século depois do nascimento de Jesus, por pessoas que não conheceram ninguém daquela época . Depois foi traduzida para o Grego e algum tempo depois para o Latim. Acredito que esses tradutores se permitiram algumas licenças poéticas não verdadeiras. Aliás, o que vem a ser verdadeiro em qualquer livro que conta uma história passada de uma geração para outra e de um povo para outro?

Não quero doutrinar ninguém para deixar de ser cristão porque além de não ter essa vontade, eu sou cristã. Prefiro deixar de lado o que me foi vendido como verdadeiro e fico com o simbólico. Aceito de coração que Jesus tenha nascido há 2006 anos atrás, exatamente no dia 25 de dezembro e fim de papo. Não tenho a menor condição de me tornar agnóstica porque eu perderia o meu rumo com o perigo de não querer mais viver. Preciso da fé tanto quanto do ar que eu respiro, mas ainda assim, presto muita atenção em tudo que diz respeito a qualquer religião por achar que o fanatismo é uma das maiores pragas da humanidade. Mais uma vez, um Feliz Natal para todos vocês.

Beijocas

Yvonne